quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

08/12/2012 - Fé

Nesta reunião nossa amiga Teresa iniciou uma reflexão sobre o evangelho de Mateus 7, 24-27 que nos convida a viver de forma prudente para entrarmos no Reino dos Céus, somente crer não é suficiente, temos que colocar em prática a vontade do Pai.
Todos refletiram um pouco sobre as atitudes no trabalho, na faculdade, na família, em momentos alegres e em momentos difíceis, chegando a conclusão que devemos construir a nossa casa em rocha firme, que é Jesus,  para que assim nossa fé se renove a cada dia.


Ana Paula Santos

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

01/12/2012 - As relações pessoais à luz do mandamento do Amor

Na reunião do Grupo Paracaju do dia 01/12, foi trabalhado o tema “Amor”, em todas as suas competências. Fizemos a oração inicial, e iniciamos com um animado momento de louvor. Em seguida, a dirigente do dia – Fabiana Paulino – dividiu os participantes presentes em 4 grupos, e lhes deu uma missão: cada grupo era responsável por encenar um pequeno teatro utilizando diversos petrechos levados por ela, com cenas que demonstrassem qual o maior problema encontrado no amor. Cada grupo precisava encenar um tipo diferente de amor, sendo: Amor na Família, Amor no Namoro, Amor no Trabalho e Amor na Amizade. Os grupos se reuniram em 15 minutos, e cada um fez seus teatros, levando todos a gargalhadas. Após cada teatro, era aberta uma discussão sobre aquele tema, e Fabiana finalizava. No fim das contas, todos tiveram a oportunidade de expor seu ponto de vista e chegamos à conclusão que o Amor precisa ser praticado às luzes do cristianismo, e devemos imitar Jesus no modo de Amar. Foi muito enriquecedora a reunião, pois pudemos não apenas refletir, mas colocar em prática ocasiões do dia-a-dia. Ao final, foram dados os avisos, e confraternizamos para comemorar com os aniversariantes do mês de novembro.


Jordane Soares

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

24/11/2012 - Ultréia

No último sábado dia 24/11 aconteceu na Matriz de Nossa Senhora da Piedade em Pará de Minas a última Ultréia de 2012 organizada pela coordenação do SED Pará de Minas com missa celebrada por Padre Moacir Arantes que recebeu os cursilhistas e toda comunidade com muito carinho. 
Vários grupos de cursilho da cidade participaram desta Ultréia, o que é muito importante para que o Movimento se mantenha sempre firme.
No final da celebração Padre Moacir chamou todos os cursilhistas presentes para uma benção especial, explicou sobre o Movimento de Cursilhos e convidou toda comunidade a participar.


Ana Paula Santos

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

10/11/2012 - Intimidade com Deus

Na reunião do último sábado dia 10/11/12, nossa querida amiga Érika falou sobre um tema muito interessante: Intimidade com Deus.
Inicialmente ela nos perguntou de que forma seria possível se tornar mais íntimo de Deus. A resposta foi simples e objetiva, por meio da oração.  Quando oramos conversamos com o Pai sobre nossas angustias, medos,alegrias e apresentamos nossos pedidos e dúvidas. E Ele sempre responde. Mas as vezes estamos tão desesperados que não percebemos a simplicidade de sua voz. É no silencio do nosso coração que, quase sempre, é plantada a resposta.
Depois fizemos uma dinâmica onde comparamos o que fazemos para ter mais intimidade com nossos amigos e de que forma buscamos a intimidade com Deus. Muito válida esta reflexão, pois, quase sempre nos dedicamos  muito aos amigos e temos muitas desculpas para justificar a inércia perante o Criador.
Ao final da reunião, houve um momento de oração muito bonito, que emocionou várias pessoas. É incrível o quanto é mais fácil sentir a presença de Deus quando estamos orando em silencio.
Só podemos ser íntimos do Pai se buscarmos conhecer a sua palavra e se exercitamos a oração. Nos momentos difíceis quem melhor do que Ele para nos aconselhar? Busque uma conversa diária com Deus, pois isto tornará mais fácil a sua caminhada na terra.


Ana Paula Barros

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

03/11/2012 - Reflexão sobre o Canto das Írias

“O CANTO DAS ÍRIAS”
Será mesmo uma reunião “improvisada” ou providência (carinho) de Deus para nós?

Esta reunião, foi iniciada com um momento de oração muito bonito feito pela Érika onde somos recebidos por Deus da forma em que nos encontramos. Seja do jeito que for. Pra Deus não importa. Ele te recebe do jeito que você se encontrar.
O Fell deu continuidade ao nosso encontro daquele dia dizendo que havia improvisado o vídeo Para nossa reunião que aquele dia não aconteceria. Pois visitaríamos uma comunidade próxima de Pará de Minas que nos convidou. Porém a reunião dessa comunidade havia sido cancelada em cima da hora. 
Portanto, Deus tem planos maiores e melhores que os planejados por todos. E sabe usar muito bem de alguém que se dispõe a “improvisar” repentinamente o nosso encontro desde dia.
Muitos devem estar se perguntando como nós o que significa e do que se trata “O Canto das Írias” e o Fell nos explicou tudo isso, aguçando ainda mais nossa curiosidade. 

Abaixo encontra-se na íntegra essa explicação:


Há uns seis anos atrás tive um sonho… Nele, estava em uma encosta, muito fria, no meio de muitas árvores. Eu havia caído e estava no chão. Atrás de mim havia um celeiro e por trás dele, um rio congelado. Lembro que no sonho comecei a ouvir um canto agudíssimo que gerava em mim um misto de medo e desejo.
Comecei então a ver por entre as árvores virem atrás de mim um número sem fim de feras, algumas rastejavam lentamente, outras vinham a cavalo veloz e agressivamente. Quanto mais elas chegavam perto de mim mais eu entrava em pânico, mas o seu canto não permitia eu me mover e fugir… Quando elas estavam bem perto de mim e ia tocar o me corpo… Eu acordei.
No mesmo instante corri peguei papel e caneta e não só escrevi todo o sonho como desenhei as feras e de alguma forma que eu não sei explicar como eu sabia o nome delas, no final do desenho escrevi: Írias. Tive uma grande certeza que o Senhor estava colocando pra fora do meu inconsciente uma figura que de alguma forma me ajudaria muito a entender a ação da graça de Deus na minha vida. O que não imaginava no momento é que esta figura ajudaria não apenas a mim mais a muitos outros a conhecerem a Deus e a si mesmos.
Foi a partir deste dia que eu comecei a escrever
Como surgiu o canto das írias? 
O que é uma “Íria”?
Há cerca de uns cinco anos exatamente eu escrevo o Canto das Irias. Na verdade trata-se de um livro que ainda não foi publicado. A apresentação Teatral que tornou o roteiro conhecido é apenas o Capitulo das Origens do livro, isto é, o conto inicial. Depois dele seguem seis capítulos com histórias distintas ambientadas todas no contexto das Írias. Para ser adaptado para teatro e para um tempo de mais ou menos 30 minutos e teve que ser bastante resumido.

Depois de muitas pessoas me dizerem que procuraram em toda a internet referências sobre o que é uma Íria e não encontraram nada, resolvi pessoalmente dar algumas definições para que os próximos que fossem procurar as pudessem encontrar. Acho que uma definição sempre vai empobrecer,resumir,desvendar o mistério. Mas depois de ouvir tantas pessoas acredito que seja positivo dar uma base,apenas uma direção que de forma alguma se propõe a resumir ou definir, mas acredito que apenas dar elementos para que você possa chegar as suas próprias conclusões a partir de sua experiência pessoal com O Canto das Írias.

Muitos imaginam que se trata de algo que já existia e foi simplesmente usado no contexto do espetáculo do roteiro que surgiu, mas não! O termo ÍRIA como é usado no espetáculo é totalmente original tanto noque diz respeito à construção da palavra quanto no seu significado próprio.
Sim mais até agora você ainda não disse o que é uma Íria! Calma! Esse processo faz parte… Mas vamos à uma definição:
O que é uma “Íria”?
Íria é todo homem que abandonando o uso da razão, de sua capacidade de fazer escolhas livres,conscientes, maduras e responsáveis… Perde sua capacidade de amar, tornando-se escravo de suas áreas mais superficiais, perdendo-se de sua profundidade quanto a pessoa. Restringindo a sua existência a uma perspectiva unicamente natural [animal] como se tudo fosse esta terra e este tempo e só.


Então depois que terminou a apresentação o Fell nos convidou a um momento de partilha sobre o tema apresentado... Mais o que aconteceu!? Foi exatamente o contrário... rs... Seguiu-se de um momento de silêncio sepulcral e reflexão... Realmente o vídeo mexeu com todos. Cada um a seu modo em algum momento. Muitos estavam emocionados durante ou ao final da “apresentação improvisada”. Após alguns segundos (que pareciam eternos) naquele silêncio total... A única coisa que eu consegui dizer foi: É! Acho que este momento é mais de reflexão pessoal do que de partilhas...   Então o silêncio foi quebrado, por algumas risadas que diziam: Isso mesmo! Novamente aquele silêncio... Onde era visível que o objetivo do vídeo havia sido mais que atingido! Sua mensagem chegou até os corações ali presentes. Então o Fell começou a dar início ao encerramento da reunião, para que os últimos recado e avisos fossem dados. Foi então que alguém resolveu iniciar o momento de partilha. E alguns participaram com suas poucas palavras. Porque não havia muito realmente o que se dizer.
Eu sinceramente não consegui dizer traduzir em palavras o sentimento que o vídeo gerou em mim, acredito que talvez tenha sido um pouco o caso de todos, que partilharam e até mesmo dos que não partilharam. Então apenas citei a passagem do vídeo que mais mexeu comigo por que de fato a apresentação é toda muito interessante. Muito mesmo! Então do que se trata uma “Íria” não é muito de se explicar e sim de se abrir para sentir.
Mais já deixo claro que cada um, em seu tempo, deverá enfrentar suas feras. E de preferência passar pelo “vale da passagem” com suas dores e alegrias, mais com o olhar fixo em algo e alguém muito maior que você próprio.

Então segue abaixo o link, caso você tenha a curiosidade de sentir o que se trata uma “Íria”:

Glau Chaves

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

27/10/2012 - Política e vida cristã

Neste dia o nosso amigo Frederico iniciou a proposta de prepararmos palestras para apresentarmos no grupo, seguindo as dicas que Luiz Gustavo nos passou há duas semanas atrás.

Cremos que é imprescindível a conscientização de que todos somos parte da política. Ou seja, aqueles que foram eleitos têm por função serem os “nossos olhos” e “nossas mãos” na administração pública. A falta de interesse da população fortalece a idéia de que os políticos são pessoas distantes e acima de nós. Evidentemente, nem só de pessoas corruptas é formada a esfera política, porém aqueles que são desonestos ganham força e acabam, algumas vezes, por corromper os puros, que não tem fé o suficiente para manterem-se por si só no caminho do bem.
A política como um todo, deveria estar também aliada à evangelização, independente de crenças, mas voltada a fazer o bem. O crescimento de uma região só acontece com pesado investimento em educação e saúde, pois isto edifica uma nação. Realizar apenas festas e grandes eventos, sob o pretexto de gerar renda, não é outra coisa senão “adestrar” a população como massa obediente e incapaz de pensar por si mesmo.
Conforme muito bem dito, a saúde é um patrimônio que deve ser protegido pela política a ser realizada. Não somente porque a lei exige, mas porque cuidar daqueles que precisam é zelar pelo seu bem-estar, é acima de tudo fazer valer o sagrado mandamento de “Amai-vos uns aos outros e ao próximo como a ti mesmo”.

Helder de Carvalho

sábado, 27 de outubro de 2012

20/10/2012 - Confiança em Deus

No último sábado, dia 20 de outubro, tivemos mais uma reunião do grupo Paracaju. Porém essa reunião teve novos e bons ares...
Fomos convidados a ir para casa da Graziele, nossa companheira "sinatra", que ficou toda radiante pois, graças a Deus, nosso grupo unido conseguiu lotar a sala e a copa dela.
Depois de uma horinha de louvor, pra esquentar um pouco nosso coração já que, pra Li só o calor ambiente não bastava, fizemos a oração inicial e partimos para alívio de todos a uma dinâmica que foi organizada na pracinha em frente a casa da Grá.
A primeira parte da dinâmica foi uma reflexão de algumas passagens bíblicas que falam de quão importante é a confiança em Deus. E na segunda parte, formamos duplas, onde cada dupla teve que provar sua confiança no parceiro andando de olhos vendados pela praça a fora. Daí já se espera de tudo... tem gente trombando uma na outra, outros abraçando árvores e até batendo cabeça no coreto! E teve até família que estava lá aproveitando o frescor da noite, que entrou na roda e colocaram venda também. 
E isso, particularmente me deixou muito feliz. Pois no começo da dinâmica a Li citou uma frase de São Francisco que dizia basicamente o seguinte: "evangelize sempre, e se preciso, com palavras". E então no meio de um monte de gente que podia pensar "nossa que bando de retardados" a gente consegue fazer uma família inteira se unir mais e confiar ao outro seu andar. Oh gente... isso pra mim valeu a noite! 
Mas a dinâmica em si, mostra que as vezes é tão difícil confiar.... que mesmo confiando, mesmo sendo seu melhor amigo ou namorado, tem sempre uma hora em que vacilamos, que temos medo, e é nessa hora que Deus mais está conosco e mais nos pede ''confia em Mim filho, eu nunca te deixarei''. Como diz na mensagem ''Pés na areia", na parte mais difícil vemos apenas uma pegada na areia, e achamos que Deus nos deixou caminhar sozinhos, quando na verdade, Ele nos carregava nos braços... 
E depois de tudo isso, fomos a "gran finale" o rango! Aaaaaah o rango.... o que mais fez sucesso foi o bolo de cenoura com cobertura de chocolate da Clara, e o que mais enganou o povo foi a queca que eu levei, onde todo mundo, inclusive eu, achamos que era recheada e na hora era apenas um pão gostoso, porém sem graça. Ah lembrando que o café foi especial para os aniversariantes do mês! 
Após tudo isso, ainda sobrou uma bela turma que ficou para jogar ''máfia'', ao som de Pitty cantada pela vizinha roqueira da Grá. 
Logo, a noite muito divertida e proveitosa, deixou em mim uma sensação de ''como foi bom!'', e vim pra casa feliz, leve e na certeza que meu Pai e Amigo me acompanha sempre, mesmo nas vezes em que eu esqueço de acompanhá-lo.



Naiara Paula 

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

13/10/2012 - A Palavra a serviço do Reino

No dia 13 de outubro fizemos uma formação sobre a preparação e execução de palestras. Falamos sobre a importância de levar a Palavra de Deus, através de nossos gestos e palavras, explicando que devemos sempre que necessário nos colocar à disposição de Deus e da Igreja no anúncio da Boa Nova de Jesus. 
Além disso, algumas dicas importantes foram passadas, principalmente com relação à preparação e execução de palestras religiosas. Foi um momento importante de estimular os membros do grupo a partilharem sua vivência de fé nas próximas reuniões. Por isso, foi proposto que as pessoas preparassem palestras a serem apresentadas no grupo, de acordo com sua criatividade e formação. 
As palestras começarão a ser apresentadas nas próximas semanas, podem ser realizadas individualmente, em duplas ou trios. Se você ainda não se inscreveu para fazer a sua, não perca tempo. Acesse a página do Paracaju no facebook e consulte as datas disponíveis e temas sugeridos. Queremos te ouvir para crescermos juntos!



Luiz Gustavo Franco

sábado, 13 de outubro de 2012

12/10/2012 - Dia das Crianças

“Existem valores que já nascem no coração, não importa a classe social”!

Para uma criança, as coisas mais simples são aquelas que têm maior valor, pois um abraço, um beijo, um carinho, um dia brincando com elas fazem toda a diferença na vida delas...
Nós adultos é que complicamos, porque ensinamos nossas crianças, a serem tão competitivas, tirando a inocência delas.
O que mais me encantou em todas as crianças que fomos levar um pouquinho de nós, de tempo, dedicação, alegria, carinho, brincadeiras, foi o carinho por elas retribuído, me senti muito feliz por ter ajudado esse ano que para mim foi um dia das crianças inesquecível, peço a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que proteja e abençoe a cada criança em que fomos fazer do dia delas um dia especial, pois, para mim vai ficar guardado na memória.
Este pequeno texto abaixo nos mostra o tão pouco que essa criança recebeu e como a felicidade de um cobertor quentinho fez a diferença na vida dela e de sua família...

A gente "durmimo" no quentinho
Uma família extremamente necessitada recebeu um presente anônimo às vésperas do inverno. Quem intermediou a ação foi uma enfermeira que conhecia as redondezas.
O volume foi entregue logo pela manhã, antes que a mãe saísse de casa e deixasse, como sempre, as três crianças pequenas trancadas no minúsculo cômodo em que viviam. Talvez não fosse a melhor opção, mas quem mora em uma área carente da Baixada Fluminense não pode se dar ao luxo de deixar os filhos soltos pelas ruas.
Em meio à surpresa matinal, os embrulhos foram abertos rapidamente pelos três. Havia pacotes coloridos com cobertores novos, brinquedos, pares de meias, chocolates. Chocolate era uma preciosidade para eles. A cada fita desenrolada, gritinhos de contentamento. A alegria se estendeu até a noite.
No dia seguinte, saindo de casa, a enfermeira bateu à portinha do barraco e olhou pela janelinha o rosto das crianças. O caçulinha, ainda deitado ao lado dos irmãos, já estava acordado. Seus grandes olhos de jabuticaba brilhavam enquanto passava as mãos vagarosamente pelo cobertor novo. Ele levantou, chegou perto da janela e estendeu as mãos para a moça. Claro, ela não ia tirá-lo de lá, mas soprou um beijinho e perguntou do que ele mais tinha gostado: dos brinquedos ou dos chocolates? Ele olhou com ternura para os irmãos adormecidos na única cama, dobrou os bracinhos e, sorrindo, respondeu baixinho: 
- O que eu mais gostei é que essa noite “a gente durmimo” no quentinho.
(Helena Beatriz Pacitti) 24 de Dezembro de 2010

Carla Belizário

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

29/09/2012 - Preparativos - Dia das Crianças

No dia 29/09 o Grupo Paracaju se reuniu para organizar as arrecadações recebidas para o Dia das Crianças. Que continuemos firmes nesse propósito de alegrar o dia de várias crianças de nossa cidade. Que Deus nos abençõe!


Ana Paula Santos

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

22/09/2012 - Política

Paracajuzices Eleitorais

No último sábado, dia 22 de setembro, tivemos mais uma reunião do Grupo Paracaju. Desta vez para tratar de um tema muito importante e em voga neste momento em nosso país, qual seja, as Eleições para Prefeito e Vereadores.
Para isso, tivemos a visita de nosso querido amigo Marcos, que promoveu um interessante debate sobre o tema, onde conversamos e analisamos com absoluta imparcialidade a história política daqueles que auspiciam o cargo de prefeito em nossa cidade. Conversamos sobre as propostas de cada um deles, e vislumbramos a plausibilidade de cada projeto.
Conversamos ainda sobre a função dos Prefeitos e Vereadores, e entendemos melhor que o Prefeito é o Chefe do Executivo, aquele que representa o município perante os órgão públicos, e administra a forma como a máquina administrativa segue seu rumo, bem como cuidando dos serviços colocados à disposição da população, tais quais saúde e educação, e intermediar com outras esferas do poder para assim buscar sempre melhorias para a cidade. O Vice-Prefeito tem um papel um tanto figurativo. Em regra, é alguém conhecido pelos eleitores e que possui o papel de conseguir votos. Após a eleição, ele não tem uma função específica, conforme pode-se perceber pela leitura das leis hoje vigentes, bastando ao mesmo estar preparado para em uma eventualidade substituir o prefeito. É parecido com um funcionário que, se estiver sem uma função específica naquele momento, fica tão somente à disposição para exercer sua função em uma eventualidade.
O vereador, por sua vez, tem um papel de mister importância pois ele deve ser "os olhos" do cidadão dentro da Câmara e na Prefeitura, fiscalizando os atos municipais, pedir prestação de contas do Prefeito, zelar pelo êxito das licitações e a correta aplicação do erário, elaborar e propor projetos de lei para melhoria da cidade, desde que claro sejam respeitadas as disposições constitucionais. Desta forma, não resta nenhuma dúvida de que o trabalho do Vereador é fundamental para termos uma sociedade justa, razão pela qual é imprescindível termos atenção e eleger alguém com este compromisso, e não um(a) pústula, alguém que busca apenas um status, para ter um bom vencimento, e poder dizer aquela frase abominável "você sabe com quem está falando?", tão comum entre as línguas das pessoas medíocres deste país.
Além disso, conversamos um pouco sobre os aspectos eleitorais, analisando como funciona a legislação, a forma de eleição, e pudemos fazer perguntas e esclarecer muitas dúvidas, tendo assim um momento muito prazeroso, pois debatemos abertamente expressando o que pensamos sobre nosso município e o futuro de todos, ungidos pelo sagrado direito da liberdade de expressão.
Não obstante, discutimos e jogamos por terra um mito que invade as redes sociais e nossas caixas de e-mail durante o período eleitoral, a famosa (e falsa) história de que votar nulo poderia anular uma eleição caso 50 % + 1 dos votos fossem nulos, e os candidatos não poderiam tornar a candidatar-se por pelo menos 04 (quatro) anos.. Existe uma confusão na interpretação da Lei Eleitoral, em especial do artigo 224 do Código Eleitoral. Neste sentido, pondera com maestria o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a deixar claro que, de acordo com o ordenamento jurídico pátrio, uma eleição só pode ser anulada se vier a ser comprovada fraude em detrimento da liberdade de escolha do eleitor conforme artigo 222 do Código Eleitoral.
Desta forma, quando você anula seu voto, você não está fazendo outra coisa senão dizer aos candidatos: "Eu não tenho opinião, e vocês podem fazer o que bem entenderem de nossa cidade". O mais triste é que essa idéia torpe de todos anularem o voto está camuflada como se fosse um protesto revolucionário, à lume dos ideais anarquistas, de que o descontentamento com o Sistema pode ser simplesmente resolvido assim. Balela. Anular o voto não é protesto. Ao contrário, é um desrespeito a você próprio, a seus familiares, amigos, e a todos aqueles que pereceram neste país para que hoje nós tivéssemos nosso direito de votar livremente e escolher nosso futuro. Nosso título de eleitor é verde, mas na verdade deveria ser vermelho, em honra ao sangue daqueles que lutaram e sacrificaram-se para que hoje possamos votar sem risco de sermos perseguidos. Protestar é dizer o que pensa-se, e enfrentar as consequências de suas palavras e atos de cabeça erguida, e não seguir uma corrente de e-mail sem fundamentos jurídicos.
Nossa sociedade hoje é um tanto cômoda. A relativa Era de Paz em que vivemos (sim, existe violência em nosso país, mas ao menos somos hoje livres de Atos Institucionais, onde no passado pessoas morreram simplesmente por dizer o que pensavam). Os jovens tornam-se a cada dia mais relaxados, idolatram artistas e cantores sem conteúdo, querem "Tchu" e "Tcha" seja lá o que diabos for isso, antes das refeições ao invés de agradecer a Deus por ter o que comer preferem tirar uma foto do prato e postar nas redes sociais, acompanhada de alguma frase esdrúxula do tipo: "Oba, mamãe fez lasanha, quem quer?", para ver quantos curtem e comentam tal espetacular acontecimento, e muitas vezes não sabem sequer para que lado abre-se um livro. Sinceramente, essa juventude, incapaz de pensar por si própria, não parece ser capaz de protestar e lutar por alguma melhoria em nosso país.
Por fim, nossos agradecimentos ao nosso amigo Marcos, que tanto nos ajudou nessa reunião. Temos consciência de que votar é mais do que um direito e um ato de cidadania, votar também é uma forma de evangelização, pois fazendo escolhas justas, podemos sim ajudar a criar uma sociedade mais fraterna e justa, e assim a Civilização do Amor deixará de ser um sonho para tornar-se patente realidade.

Helder de Carvalho

"Todo o poder está nas mãos
das pessoas ricas o suficiente para comprá-lo,
Enquanto nós caminhamos pelas ruas
Muito covardes para tentar algo...
E todo mundo faz, apenas o que eles nos dizem para fazermos.
E ninguém quer ir para a cadeia...
Você está no comando,
ou apenas recebendo ordens?
Você está indo adiante,
ou você está apenas andando para trás?"

White Riot
The Clash
Joe Strummer / Mick Jones
1977

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

15/09/2012 - Nossa Senhora da Piedade

No último dia 15 de setembro, nossa querida amiga, Jordane, compartilhou conosco um pouco sobre Nossa Senhora da Piedade, que segundo ela, é conhecida também como Nossa Senhora das Dores.
Primeiramente, pudemos contemplar a imagem de Nossa Senhora da Piedade, na qual nossa mãezinha está sentada, com o corpo do Filho divino morto ao colo. É uma bela representação de compaixão, não apenas para com seu filho Jesus, mas para com todos nós que também fomos eleitos seus filhos. Em seguida, a Jordane nos contou que a devoção a Nossa Senhora da Piedade fez com que várias igrejas em todas as partes do mundo fossem construídas em sua homenagem e que ela tornou-se padroeira de diversas cidades, inclusive a nossa, Pará de Minas. Ela nos contou também de uma aparição muito especial de Nossa Senhora, principalmente para nós mineiros, que aconteceu próximo a serra conhecida hoje como Serra da Piedade, na região metropolitana de Belo Horizonte, município de Caeté. A Mãe de Deus foi vista com o Menino Jesus nos braços por uma menina muda de nascimento, que segundo a tradição, recuperou a fala mais tarde. Por isso, em 1958, Nossa Senhora da Piedade tornou-se padroeira do Estado de Minas Gerais.
Depois, nos dividimos em pequenos grupos para refletirmos e discutirmos sobre as sete dores de Maria, que nos lembram os momentos de sofrimento e entrega de Maria ao seu Senhor. São elas:

1- A profecia de Simeão - Lc 2, 35
2- A fuga com o Menino para o Egito - Mt 2, 14
3- A perda do Menino no templo, em Jerusalém - Lc 2, 48
4- O encontro com Jesus no caminho do calvário - Lc 23, 27
5- A morte de Jesus na cruz - Jo 19, 25-27
6- A lançada no coração e a descida de Jesus da cruz - Lc 23, 53
7- O sepultamento de Jesus e a solidão de Nossa Senhora - Lc, 23, 55


E para terminar, assistimos ao seguinte vídeo que mostra as sete dores de Nossa Senhora e nos faz refletir sobre nossas dores e dificuldades, que se tornam muito pequenas diante do sofrimento de Jesus:


É lindo vermos a serenidade e sabedoria de Maria para lidar com cada uma dessas situações de dor, sofrimento e angustia. Que a exemplo dela, nos entreguemos inteiramente a Deus para passarmos por nossas dores, sofrimentos e lutas com muita força e coragem. Que ela interceda sempre por nós, sorrindo para nós no perigo, chorando conosco na dor, aliviando nossas tristezas e santificando nossas alegrias. Nossa Senhora da Piedade, rogai por nós!

Esther Ribeiro

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

08/09/2012 - Dei Verbum

No dia 8 de setembro, tivemos um grupo especialmente voltado para o estudo do documento Dei Verbum, como sugerido pelo nosso amigo Luiz Gustavo. 
Nossas amigas Teresa Cristina e Ana Paula Santos fizeram uma breve introdução a respeito do conteúdo do documento. E nossa amiga Maísa Leitão propôs uma dinâmica, que seria reunirmos em grupos para ler um capítulo da constituição dogmática Dei Verbum e a partir de materiais como revistas, cartolina, canetas entre outros, confeccionarmos um cartaz que ilustrasse o sentido principal do capítulo. A constituição é dividida em seis capítulos, sendo:


I - A REVELAÇÃO EM SI MESMA
II - A TRANSMISSÃO DA REVELAÇÃO DIVINA
III - A INSPIRAÇÃO DIVINA DA SAGRADA ESCRITURA E A SUA INTERPRETAÇÃO
IV - O ANTIGO TESTAMENTO
V - O NOVO TESTAMENTO
VI - A SAGRADA ESCRITURA NA VIDA DA IGREJA


Assim, ao final do estudo e confecção dos cartazes, os grupos se apresentaram em ordem. O sentido central do texto é mostrar como as escrituras são realmente inspiradas por Deus e são fonte de vida nova e cura para cada um de nós; sua riqueza desde o antigo até o novo testamento e como deve ser intensa a leitura e meditação desses textos, tanto na vida eclesial quanto na vida dos leigos.


Geovani Nogueira

terça-feira, 28 de agosto de 2012

25/08/2012 - Agosto: Mês das Vocações

No último dia 25 de agosto fomos agraciados em nosso grupo com a presença do querido amigo Marcelo, que falou sobre Vocação. Como dito anteriormente, o termo Vocação significa chamado, e, diferente do que a maioria das pessoas pensam, vocação não é sinônimo somente de “ser padre”, mas é algo muito maior, pois, de acordo com Marcelo, todos nós temos uma vocação. As primeiras vocações são comuns a todos os seres humanos. A primeira de todas é o chamado à própria Vida, concretizado através do Batismo; a segunda vocação é o chamado a seguir Cristo, independente das atividades que realizamos; e a terceira vocação é o chamado a ser Templo do Espírito Santo, ou seja, agir como verdadeiros cristãos em todos os ambientes. Já as demais vocações são específicas, se revelam ao longo da vida, e se classificam em duas formas: leigas e religiosas. Os leigos são pessoas que atuam na Igreja através dos movimentos e pastorais, e os religiosos são pessoas de vida consagrada, podendo ser padres, irmãos ou freiras. Independente de nossa vocação, o importante é que devemos estar sempre atentos ao chamado de Jesus Cristo, acolher esse chamado, dizendo um forte e caloroso SIM, como Maria e os doze apóstolos disseram. Mas dizer Sim somente não basta. É preciso abraçar a vocação, seja as vocações consagradas, o matrimônio, a profissão, e mesmo os movimentos e grupos, como o nosso, atuando seriamente, colocando Deus em primeiro lugar em tudo que formos fazer e trabalhando constantemente para a construção do Reino do Pai, que também é nosso.


Ana Cristina Soares

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

11/08/2012 - Vocação Matrimonial

No dia 11 de Agosto o Grupo PARACAJU recebeu Marcos e Dulce, pais do nosso amigo Gustavo Guimarães para compartilhamos sobre um tema muito importante e que intriga os jovens de hoje: Vocação.
A palavra vocação vem do verbo no latim "vocare" (chama?). Assim vocação significa chamado. É, pois, um chamado de Deus. Se há alguém que chama, deve haver outro que escuta que responde. Deus nos chama!
Não existe homem que não seja convidado ou chamado por Deus a viver na liberdade, que possa conviver e servir a Deus através do relacionamento fraternal com os outros. Todos nós somos vocação. Todos nós somos chamados.
Divertimo-nos com os fatos narrados pelo casal. Vimos as dificuldades e as surpresas passadas durante o namoro e o casamento. Mas a vocação deles é a do Matrimônio, e com muita união, determinação e acima de tudo, o perdão, puderam construir uma família para Deus.
Temos que estar abertos a ouvir esse chamado, a seguir nossa vocação. E independente de qual seja ela, será um presente de Deus.
E como diz a música....
“Simplesmente amar, é o que importa para quem quiser servir Simplesmente amar, é a condição maior suprema do servir Eis a verdadeira vocação: Simplesmente amar”.


Bruno Jorge

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

04/08/2012 - Pós Cursilho

No dia 04/08 tivemos nossa reunião de Pós-Cursilho! Já é quase uma tradição do grupo Paracaju ter nessa reunião um momento em que os neo-cursilhistas partilham o que viveram no Cursilho e o que ficou de mais marcante naqueles dias na casa. Também é relembrado por todos que fizeram o Cursilho que aqueles dias em Divinópolis é apenas o começo de uma longa caminhada, que envolve perseverança, fé e evangelização de ambientes. 
Para aqueles que não fizeram ou trabalharam nestes últimos Cursilhos Jovens a reunião de Pós-Cursilho foi uma oportunidade de vivenciar essa alegria que toma conta do coração daqueles que acabaram de se encher do Espírito Santo e que se tornam fonte de alegria e coragem. Após a partilha de todos fizemos uma prece pedindo por todos os neo-cursilhistas e agradecendo por essa maravilhosa oportunidade que temos de sermos frutos de um encontro com Cristo tão maravilhoso. Que em todas as reuniões possamos reviver um pouco do que foi o Cursilho para nós e desejar sempre partilhar desta alegria única com todos em todos os ambientes em que vivemos. Desejar e perseverar assim como nosso patrono pede na carta aos Filipenses: “Cria ó Deus em mim um coração puro e renova em mim um espírito reto”.


Caroline Martins

quinta-feira, 26 de julho de 2012

21/07/2012 - Amor

Na reunião do dia 21/07 o Grupo Paracaju contou com a presença querida do André e Ana que falaram um pouco sobre a dinâmica do amor.
Muitas vezes o verdadeiro sentido do amor sofre distorções, o que nos leva a compreensão do amor de uma maneira diferente daquela que realmente reflete o amor de Deus por nós, que é o perfeito amor.
Deus nos ama incondicionalmente e gratuitamente e somos então convidados a “nos amar uns aos outros, pois o amor vem de Deus (I Jo 4,7)” e ainda nos é pedido: “O que amar a Deus ame também o seu irmão (I Jo 4, 21)”.
O amor primeiro que devemos ter é o amor a Deus, e esse amor não deve ser sinônimo de temor, uma vez que “No amor não há temor. Antes, o perfeito amor lança fora o temor (I Jo, 4, 18).”
O amor que Deus tem por nós é um amor gratuito e independente de qualquer situação. E por sermos filhos tão amados, somos impulsionados a construir a civilização do amor.
Muitas vezes o amor de Deus pelos seus filhos não é correspondido, assim como aconteceu com Oséias que amava incondicionalmente sua esposa infiel (Livro de Oséias). Mas ainda assim, Deus continua amando. E tendo a certeza desse amor que nos ampara, somos convidados a refletir esse amor por onde estivermos.


Karina Santana

sexta-feira, 20 de julho de 2012

14/07/2012 - Escapulário

A reunião do dia 14/07/12 começou com um animado louvor, logo após a oração inicial, muito bonita, feita por nossa querida Bruna, que falou sobre a anunciação do anjo Gabriel à Maria, a graça que foi na vida de Maria ser a mãe de Jesus.
Logo após, Ana Cristina iniciou sua palestra com um tema muito interessante, o escapulário, um sinal do amor e proteção de Maria para com todos nós. O Escapulário em sua forma carmelita é feito de dois pedaços de pano marrom quadrados unidos por um cordão onde em pedaço está a estampa de Nossa Senhora do Carmo e no outro a do Sagrado Coração de Jesus
Em 16 de Julho de 1951 Nossa Senhora apareceu ao Carmelita São Simão Stock e lhe entregou o escapulário com as seguintes palavras:
“Todos os que morrerem revestidos deste Escapulário não padecerão no fogo do inferno. É um sinal de salvação, refúgio nos perigos, aliança de paz e pacto para sempre”
Alguns anos mais tarde Nossa Senhora apareceu ao Papa João XXII e lhe fez nova promessa, a sabatina:
“Eu, como Mãe dos Carmelitas, descerei ao purgatório no primeiro sábado depois de sua morte e os livrarei e os conduzirei ao Monte Santo da vida eterna.”
Também nos foi explicado que o escapulário não é um amuleto, e o simples fato de usá-lo não nos dá direito aos privilégios prometidos por nossa mãe. Além de usá-lo temos que estar abertos a vontade de Deus, ser solidário aos necessitados e orar constantemente descobrindo Deus em tudo.

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!


Ana Paula Barros

quarta-feira, 11 de julho de 2012

07/07/2012 - YOUCAT

Dia Nacional do Catecismo Jovem

Na reunião do dia 07 de julho de 2012, nosso grupo teve um momento importante de formação e reflexão: O Dia do Catecismo Jovem. Nesse dia, jovens de todo o Brasil estavam reunidos em todas as capitais do país, a idéia foi promover a divulgação desse novo instrumento de evangelização proposto pela Igreja aos jovens. Foi oportunidade de retomarmos a história do surgimento do Catecismo Jovem (YOUCAT), através das palavras do Papa Bento XVI em sua carta aos jovens, conhecermos a estrutura do livro, organização, abordagem de temas e conteúdo, através da produção de um painel temático de fotos e palavras-chave. Finalmente, fizemos uma discussão sobre como divulgar mais o Youcat no próprio grupo, na comunidade de fé e também pela internet, além de sugerir temas a serem trabalhados no Encontro do catecismo Jovem na Jornada Mundial da Juventude em 2013.


Algumas informações interessantes sobre o YOUCAT:


- O YOUCAT é o Catecismo Jovem oficial das Jornadas Mundiais da Juventude e foi lançado simultaneamente em 10 línguas diferentes para atender a vontade dos muitos jovens que, inspirados e entusiasmados pela dinâmica das JMJ, pediram um Catecismo que lhes falasse diretamente.
- Papa Bento XVI diz aos jovens: “Este catecismo não fala ao vosso gosto, nem vai pelo facilitismo. Na verdade, ele exige de vós uma vida nova. Ele apresenta-vos a mensagem do Evangelho como uma «pérola preciosa» (MT 13,46), pela qual se tem de dar tudo. Peço-vos, portanto: estudai o catecismo com paixão e perseverança! Para isso, sacrificai tempo! Estudai-o no silêncio do vosso quarto, lede-o enquanto casal se estiverdes a namorar, formai grupos de estudo e redes sociais, partilhai-o entre vós na Internet! Permanecei deste modo num diálogo sobre a vossa fé!”


- O livro está organizado da seguinte forma:


1) Perguntas e respostas, numeradas de 1 a 527
2) Respostas curtas e precisas com referências ao Catecismo da Igreja
3) Textos explicativos, com exemplos, para facilitar a compreensão
4) Referência a outras questões do YOUCAT (números no final do texto)
5) Referências ao Catecismo da Igreja Católica
6) Citações da Bíblia Sagrada, santos ou grandes pensadores




Luiz Gustavo Franco

quarta-feira, 4 de julho de 2012

30/06/2012 - Arraial Paracaju 2012

Neste sábado o Grupo Paracaju se reuniu no Sítio da Maisinha para o Arraial do Paracaju que estava muito animado. Tivemos brincadeiras, comidas típicas e a tradicional quadrilha.
Que Deus ilumine o Grupo para que a união permaneça seja em momentos de alegria e descontração ou em momentos de oração e reflexão.


Ana Paula Santos

quarta-feira, 27 de junho de 2012

23/06/2012 - Namoro

A nossa reunião começou como de costume, com um animado momento de louvor. Após o louvor, como o tema era namoro, foi passado três vídeos do Pe. Chrystian sobre o assunto. No primeiro vídeo o padre dá 10 conselhos para quem deseja arrumar alguém. Pe. Chrystian na sua grande sabedoria dá conselhos muito valiosos que nos serviu de grande aprendizado. Fala que temos de encontrar o equilíbrio e buscar alguém com objetivos comuns aos nossos, que tenha defeitos que podemos suportar e com quem possamos dividir nossa felicidade.
No segundo e terceiro vídeo fala sobre motivos que fazem um namoro não dar certo: Dá um conselho muito importante quando diz que devemos saber como o companheiro trata a família para saber como se comportará no casamento. Diz que amor é sacrifício, que devemos aprender a respeitar o outro e abrir mão de algumas coias. É preciso aprender com os erros passados e não ficar presos a eles. E nunca procurar um príncipe encantado, pois quem procura perfeição encontra frustração.
Após este momento nos reunimos em alguns grupos para responder três questões sobre os namoros atuais e depois fizemos um debate. O debate foi muito interessante, pois o tema refere-se a algo que está presente na vida dos jovens. Amar é maravilhoso, nada melhor para expressar a presença de Deus em nossas vidas que o amor ao próximo. É um sentimento puro que nos traz a verdadeira alegria. Rezemos para que aprendamos a construir namoros sérios, onde o alicerce seja o amor para que possamos construir verdadeiras famílias na presença de Jesus.


Bruna Fernanda

sexta-feira, 15 de junho de 2012

09/06/2012 - Corpus Christi

Para todos que acessam o blog do Paracaju Grupo de Jovens, sejam bem vindos. Essa semana fui convidado para falar um pouco sobre o que aconteceu nesse dia da reunião. Primeiramente iniciamos a reunião com a oração inicial e logo após com um momento de louvor para animar todos os participantes.
Logo em seguida a palestrante do dia Fabiana Paulino iniciou com o tema proposto a ela, Corpus Christi. 
Primeiramente ela introduziu uma dinâmica no grupo em que três participantes escolhidos pela palestrante, um de cada vez com os olhos vendados tinham que descobrir somente através do tato e do olfato quem eram outros três participantes também escolhidos pela palestrante. A moral da dinâmica é que nós precisamos conhecer mais uns aos outros, procurar observar mais o nosso próximo e aprender mais com eles.
Depois da dinâmica Fabiana Paulino fez uma reflexão sobre o tema proposto. Ela contou sobre o Milagre de Lanciano em que um monge basiliano duvidou que a hóstia e o vinho eram realmente o Corpo e o Sangue de Jesus, e durante uma celebração o monge viu a hóstia e o vinho converter-se em carne viva e sangue vivo e que depois de muitas análises até a ciência deu uma resposta segura e definitiva a respeito do Milagre Eucarístico de Lanciano com os dizeres “Et Verbum caro factum est”, que quer dizer “E o Verbo se fez Carne”.
Fabiana Paulino também falou sobre o mandamento de Jesus “Amará a Deus e ao teu próximo como a ti mesmo”, onde nós muitas das vezes não conseguimos amar ao nosso próximo, pois, primeiramente não conseguimos amar a nós mesmos, ou seja, nós só conseguiremos amar ao nosso próximo quando nós amarmos a Deus e a nós mesmos.
Para finalizar Fabiana também falou sobre o amor tão grande de Jesus para com nós. Jesus não queria nos deixar e então Ele encontrou um jeito de ficar próximo da gente que foi através da Eucaristia instituída na Santa Ceia, através do Seu Corpo e Seu Sangue.
Concluindo Fabiana disse que muitas graças são alcançadas durante a consagração na santa missa e que Jesus é nosso amparo e nunca nos abandonará.
Agradeço ao grupo Paracaju que me permitiu falar um pouco sobre a reunião deste dia.
Frederico José

quarta-feira, 30 de maio de 2012

26/05/2012 - Pentecostes

Mais um sábado chegou e Deus permitiu que o Paracaju estivesse reunido, muitas pessoas doando o melhor sentimento de viver a amizade, união, carinho e serviço pelo outro e para Deus, sentimentos estes especiais que o grupo proporciona a cada reunião e  Deus permite  porque verdadeiramente sabe o quanto estarmos juntos partilhando louvores, risadas, alegrias e mesmo momentos sérios são importantes para cada alma e para o coração.
 No último dia 26/05 para engrandecer esta partilha, recebemos uma pessoa de extrema sabedoria e humildade: o Zé Maria, cristão comprometido com o serviço e abençoado por Deus com uma família de base sólida nos preceitos de Deus, transformadora de pequenos momentos em grandes acontecimentos, quanta sabedoria! Ele nos falou sobre o dia de Pentecostes, explicando sobre a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos e seguidores de Cristo como também sobre a essência de viver a verdadeira intimidade com o Espírito Santo, afirmando mais uma vez que somos templo dele e como tal devemos ser a melhor moradia habitada por ele.
Encerrou com o filme que mostrou uma sensibilidade fantástica, que nos emocionou e ao mesmo tempo nos colocou a pensar o quanto o talento depende de cada um e pode acontecer quando somos  e vivemos o templo do Espírito Santo o qual opera maravilhas em nossas vidas.

Maíla Oliveira

terça-feira, 22 de maio de 2012

19/05/2012 - Espiritualidade Jovem

A reunião do grupo Paracaju do dia19/05 foi ótima. Como de costume tivemos nossos momentos de louvor, oração, formação e partilha. Recebemos a alegre visita da equipe de Liturgia do EAC da Paróquia Nossa Senhora da Piedade que se juntou a nós para também se abastecer desse “remedinho” semanal que são as reuniões do grupo.
Nesta reunião Liliane nos falou sobre a ESPIRITUALIDADE JOVEM, onde pudemos aprender mais sobre o que seria essa espiritualidade e como vivência-lá nos tempos atuais. Tema esse que mexe com a juventude cristã, onde nos perguntamos, “Posso fazer a diferença no mundo?”, “É possível evangelizar?”, “De que forma?”.
Vimos que é possível mesmo com nossa pequenez, com nossa miséria, com nossa espiritualidade por menor que seja evangelizar outras pessoas inclusive outros jovens. E não é preciso fazer algo extraordinário para este fim, devemos ser esses evangelizadores do nosso próprio jeito de ser, nosso jeito jovem, santos de calça jeans, vivendo as alegrias próprias da nossa idade, com disposição, aventura, coragem, enfim com nossas atitudes de pessoas normais que estejam no mundo, saibam saborear as coisas puras e boas do mundo, mas que não sejam mundanos, promovendo a santidade aonde quer que estejamos. Também chegamos à conclusão que tudo na vida começa dentro da própria casa, então que tal começarmos a evangelizar dentro de nossa família? Com um bom dia, um sorriso sempre disposto no rosto, uma face que resplandeça Cristo?
É como dizia o nosso saudoso Pe. Léo - “É preciso ter uma meta, e a nossa meta é muito grande. Quem se acostuma com coisa pequena não pode ir para o céu. O céu é para quem sonha grande, pensa grande, ama grande e tem a coragem de viver pequeno. Isso é o céu.” Eis aí o segredo, ter coragem de viver pequeno, ter a coragem de nos diminuir para que Cristo apareça em nós, ser pequeno com a consciência de que somos melhores que ninguém, a coragem da humildade, mas sempre pensando grande, acreditando que podemos e devemos ser instrumentos, canais da graça de Deus na vida de outras pessoas, que podemos evangelizar, que podemos fortalecer a nossa fé e exercê-la de uma forma ativa cada dia mais. Cristo conta conosco!

“Jovem, eu vos escrevi, porque sois fortes e a palavra de Deus permanece em vós, e vencestes o Maligno.” 1 Jo2,14

Camila Jorge

terça-feira, 8 de maio de 2012

05/05/2012 - Santo Sudário

Neste sábado, dia 05/05/2012, tivemos mais uma reunião do grupo Paracaju. Foi um momento muito especial, pois além de matarmos as saudades que sentimos uns dos outros durante a semana, cheia de trabalhos e estudos, tivemos a feliz visita de alguns de nossos queridos irmãos Cursilhistas da cidade de Florestal, os quais são sempre muito bem vindos e acrescentam muito com suas presenças às nossas reuniões.
Como de costume, a reunião inicia-se com um animado Momento de Louvor, para aquecer nossos corações para o momento que estava por vir, e ainda espantar um pouco do frio que acomete nossa cidade nesta época do ano. Pois bem, a reunião em si trazia em seu bojo um tema muito importante, e que sempre deixa dúvidas e provoca polêmicas entre cristãos e não-cristãos, qual seja, o Santo Sudário.
O Santo Sudário, de acordo com a tradição cristã, é o manto com o qual Jesus foi envolvido após sua morte. Muitos mistérios cercam este artefato. Para nos falar deste assunto polêmico e maravilhoso, tivemos a visita de nossa amiga Alexsandra, que usando seus dotes de professora, prendeu a atenção de todos de maneira amável e interessante, tanto pelo tema quanto por sua própria presença e propriedade de suas palavras.
Prosseguindo a explanação, vimos detalhes interessantíssimos, como os estudos científicos feitos sobre o tecido, que mostraram que a perfeição da imagem é tamanha que nenhum artista seria capaz de produzir algo semelhante, dada a textura e consistência do mesmo. Além disso, há resquícios de pólem no tecido, porém trata-se de pólem de flores que só existem na região de Israel, na região onde Jesus fora crucificado, robustecendo ainda mais o fato daquele ser mesmo o sudário utilizado para velar o corpo de Jesus.
Vimos também como alguns contestam o mesmo ao longo dos tempos, seja ao afirmar que um tecido não suportaria tanto tempo sem deteriorar-se irrecuperavelmente, ou por acreditarem ser apenas uma mancha causada pelo tempo, seja por exames realizados através da tecnologia de Carbono – 14, os quais supostamente indicariam uma idade diferente daquela que acreditamos ter este sudário. Mas em que pese a idiossincrasia da ciência e daqueles que acham que tudo pode ser resumido e explicado por cálculos e estudos, o Santo Sudário é um apanágio da Fé, e desta forma está acima das ciências humanas, não por estudos serem irrelevantes, ao contrário são sim de suma importância, mas por se tratar de Fé, o acreditar e ver Jesus ali naquele tecido basta para preencher e sanar as dúvidas de nossos corações.
Depois disso, tivemos mais um momento especial, onde o membros do grupo, reunidos em uma roda, trocavam de lugar para interagir com alguém com quem não tivesse ainda familiaridade e partilhar um pouco de suas vidas, em seguida, levantavam-se um a um e abraçavam algum dos outros presentes, instruídos pela palestrante a abraçar "aquele que estivesse com cara de precisar de um abraço de Nossa Senhora", ou seja cheio de ternura e compaixão, causando assim um dos momentos mais emocionantes da história do grupo Paracaju.
Por fim, um momento musical, onde foram tocadas diversas músicas evangelizadoras, com o intuito de provocar uma reflexão e renascer a confiança daqueles que por ventura, estivessem tristes ou desanimados de seus sonhos, concluindo-se tudo com a entrega de um pequeno coração a cada participante da reunião.
Indubitavelmente, foi uma reunião especial. Talvez alguém pudesse insinuar que houve algum desvio do tema principal ao final... Por mais importante que seja o Santo Sudário, e todos os fatos e mistérios históricos que o cercam, seria impossível encerrar o assunto em uma humilde reunião semanal de jovens Cursilhistas.
O Santo Sudário é importantíssimo, por ser o manto que envolveu Jesus após sua morte, e tem gravado para sempre sua face em seu tecido. Mas, data venia, no momento em que fizemos nossa partilha, professando nossa fé e abraçando-nos sem parar, pudemos sentir-nos envolvidos pelo próprio Cristo, e essa sensação é simplesmente incomparável e impossível de mensurar em palavras..
Em nome do grupo Paracaju, o nosso muito obrigado à Alexsandra, e aos amigos e irmãos Cursilhistas de Florestal que aqui estiveram. O Paracaju estará sempre de braços abertos para recebê-los.


Helder de Carvalho

quinta-feira, 3 de maio de 2012

28/04/2012 - Santidade

Neste último sábado em nossa reunião, recebemos a visita de nosso grande amigo Luiz Gustavo, recém-formado em Ciências Biológicas e que agora reside na cidade de Araxá, onde está caminhando a uma vida a serviço de Cristo. Ele falou um pouco sobre a vida em santidade, usando como exemplo São Domingos Sávio.

Porque São Domingos Sávio?

São Domingos Sávio além de ser um santo JOVEM, o qual nos remete a nossa condição, é patrono do PARACAJU, e segundo o que foi contado, logo após a escolha, Padre Lisboa presenteou o grupo com um quadro com a imagem do santo.

Este santo surge em um cenário onde Turim - Itália estava passando por uma grave epidemia de cólera, na época da revolução industrial que trouxe consequências drásticas ao país, diante disso Dom Bosco reúne vários jovens em um oratório, com o intuito de evangeliza-los e educa-los. Dentre esses jovens estava São Domingos Savio, que se destaca pelo seu grande desejo de ser santo.

“ Antes morrer do que pecar !" (São Domingos Sávio)

Com Dom Bosco, São Domingos aprende que para ser santo era preciso 3 coisas: ser alegre, cumprir seus deveres, e amar ao próximo, o que nos levou a refletir sobre como podemos ser jovens santos nos dias de hoje.


Larissa Fernandes